Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

12
Jan 12

neste momento, a família saía a ganhar, se eu deixasse de trabalhar.

 

ainda que não recebesse nada, qualquer salário, qualquer subsídio, era mais barato ao fim do mês eu estar em casa do que sair para um emprego onde não recebo um tostão, mas pago todos os impostos como se recebesse, e ir buscar o dinheiro que falta ao ordenado do marido.~~

publicado por na primeira pessoa do singular às 11:23

um marido que pressente que estou com insónias e acorda às 4 da matina para me ouvir.

 

e, DEPOIS, AINDA ME DÁ O COMANDO DA TV PARA A MÃO E DIZ QUE NÃO SE IMPORTA QUE EU FIQUE COM A TELEVISÃO LIGADA, A VER A BAREFOOT CONTESSA...

publicado por na primeira pessoa do singular às 11:21

Estou a ficar "fringeada". Só pode...

 

Eu não acredito em bruxas, nem além, nem mediunismo, nem vidente, nem superstições, nem premonições

 

 

mas nas últimas semanas têm-me acontecido coisas que não consigo explicar.

 

Dou comigo a fazer coisas que já vi, ou já sonhei, ou que tenho a sensação de já ter feito...

 

 

 

Ou então é só isto: tenho pensado demais na vida, e como sempre faço todos os cenários possíveis e imaginários, desde o mais desfavorável ao top dos tops, e algures, no meio desses cenários, devem andar situações pelas quais ando a passar

 

 

Ou isso ou ando com um pé cá, e um pé lado do outro lado das coisas..

publicado por na primeira pessoa do singular às 11:06

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
17
18
19
21

22
23
24
25
28

29
30
31


Selo concurso
limetree
blogs SAPO