Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

11
Jan 12

 

 

Esta notícia incomoda-me. De 4 maneiras:

 

1) isto dá uma "média" ( eu que não gosto de estatísticas, estou a invocá-las)  de 4872€ por notificação. Quem cometeu erros? os funcionários? o sistema informático? a legislação?7

 

2) isto dá uma "média" ( eu que não gosto de estatísticas, estou a invocá-las)  de 4872€ por notificação. Quem recebeu não reparou que estava a receber a mais? Não reparou porque além lhe disse que era exactamente isso que ia receber e não desconfiou? Não reparou porque estava tão aflito e veio mesmo a calhar? Ou reparou e fingiu que não viu? Ou fez como eu, reparou, foi apresentar-se à segurança social para devolver e não aceitaram e dias mais tarde mandaram uma carta a pedir a devolução como se eu tivesse lá ido roubar alguma coisa, e a exigir que o pagamente fosse feito com cheque com cobertura da caixa geral de depósitos?

 

3)isto dá uma "média" ( eu que não gosto de estatísticas, estou a invocá-las)  de 4872€ por notificação. Vamos pois supor que alguém fez as contas e atribuiu determinados valores a determinadas pessoas, com consciência tranquila de dever cumprido e seguimento rigoroso da lei...E se a lei é ambigua e pouco inteligível? ( deve ser erro meu, porque isti nunca aconteceu...E se a é contornável, e ainda se pagam valores muito maiores aos que as contornam e passam impunes?

 

4) Suponho que a maioria das pessoas não vai pedir apoio social porque lhe apetece. Eu, pelo menos, procedo assim. Apenas estive de baixa meia dúzia de dias, e devidamente justificados com doença, prescindi dos subsídios de nascimento, porque achei que não eram assim tão necessários, há muito que não recebo abono de família, nunca precisei de subsídio de desemprego ( e mesmo que precisasse não ia ter, sou "empresária") e tenho todas as contribuições em dia. Não recebi subsídios de nada. Quem se socorre da segurança Social suponho que o faça por necessidade grave. E há muita gente nessa situação. Vamos supor que um erro no sistema informático, para não dizer humano, atribuiu um valor superior ao devido a um desgraçado que não tem onde cair morto. Suponho que os valores da segurança social não tenham montantes assim tão levados, para o comum dos mortais. Suponha-se que uma família comum, a debater-se com graves carências recebe uma notificação para pagar os tais " 4872€". Penhoram-se as cuecas? penhoram-se os filhos? Rouba-se a pouca dignidade que resta?

 

5) Muito bem, descobriram-se erros. Quem os cometeu? Quem vai ter de responder por eles?

publicado por na primeira pessoa do singular às 10:42

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
17
18
19
21

22
23
24
25
28

29
30
31


Selo concurso
limetree
blogs SAPO