Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

09
Jan 12

Por alturas do verão queixava-me eu. aí e noutros antes, muito antes e depois.

 

Não é preciso ser médica para ir adivinhando. mas não ser médica levou-me a pesquisar, a telefonar, a perguntar, e chegar à conclusão que os médicos não iam dizendo.

 

Ontem a minha cunhada saiu-se com esta: A medicação que ela está a fazer é para o Alzeihmer, não há nada a fazer, é só uma questão de ajustar as doses.

Isto, depois de eu lhe pedir para ela arranjar um tempinho para ir ver a mãe, que anda abatida, desnorteada, em câmara lenta. Porque eu sou só a nora, e nada sei de doenças, éla é a filha e a médica. É preciso vontade. Ou coragem. às vezes mordo a lingua, quando penso que ela precisa de coragem para enfrentar o que aí vem, e não é desprezo ou desleixo.

 

publicado por na primeira pessoa do singular às 10:23

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
17
18
19
21

22
23
24
25
28

29
30
31


Selo concurso
limetree
blogs SAPO