Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

08
Nov 12

é muito simples:

tem razão em muitas coisas? tem sim senhora.

Transmite mal o que pensa? si, muito mal.

Usa exemplos de quem não é pobre? sim, usa.

Faz criticas à educação famíliar? faz, de um modo simplista e simplificado e sem jeito nenhum.


É o que faz ser-se voluntário contra a fome de barriga cheia, porque por muito que ela conheça os pobres, não se consegue por no mundo deles.


Quando ela diz bife, numa família pobre é o mesmo que comer a todas as refeições, nem que seja um papo seco.


Quando ela diz concertos, numa família pobre pensa-se em farmácia, material escolar, as contas da água, da luz e do gás. Porque um pobre não pode pagar radiografias a preço de concerto.

E quem tem dinheiro para mandar os filhos aos concertos e depois se queixa de não ter para comer, não é pobre de dinheiro, mas sim de juízo, de bom senso e de coração.


Achei de muito mau gosto as comparações, que não deixando de ser verdadeiras, perderam as boas intenções que poderiam ter tido

publicado por na primeira pessoa do singular às 20:10

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30


Selo concurso
limetree
blogs SAPO