Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

27
Abr 12

 

A irmã número 3, fez ontem 31 anos. Isso quer dizer que o meu pai tinha 30 e a minha mãe 31, coisa que ele lembrou ontem, ao jantar.
Fiquei a pensar nisso, porque não me lembro de ter as mesmas preocupações ou percurso de vida aos 30, e nem sequer aos 37...
Concluímos que, ter filhos, há 30 anos, saía bem mais em conta, era um investimento com futuro, mesmo que as condições de vida fossem mais pre...cárias, que a vida fosse mais difícil. Era, no entanto, muito menos exigente em gastos.

E concluo eu, que fui posta neste mundo, sobre almofadas de penas. E que continuo a ter páraquedas, arnês, rede de segurança, e, por baixo, um colchão. Algo que eles nunca tiveram. Sabe-me bem, e ainda não me impediu de crescer. Mas se calhar, condicionou muitas opções de vida, para o bem e para o mal.

Se não tivesse todo este apoio, quem sabe se a esta hora ainda estaria no 1º emprego, ou o 4º, mesmo que isso fosse sinónimo de infelicidade ( ou, quem sabe, até estaria tudo muito bem!!!).
E se estivesse nesse 1º, ou no 4º, ou en qualquer um dos empregos prévios, se não tivesse esse apoio, o mais certo era hoje ainda não ter as minhas filhotas, ou então teriam sido mais 2 meninas que entrariam num berçario aos 3 ou 4 meses, bem cedo pela manhã, e não saberiam muito bem quem eram o pai e a mãe, que só regressariam a casa à hora de elas estarem de novo a dormir...

Ao pé do que os nossos pais viveram, somos apenas e ainda criancinhas...
publicado por na primeira pessoa do singular às 14:44

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18

22
23
24
25
26
28

29
30


Selo concurso
limetree
blogs SAPO