Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

16
Fev 12

Uma semana depois das estatísticas de 5 anos de abortos, e de pagamentos a abortos recorrentes, novas estatísticas: os desnascimentos.

 

Portugal no topo da lista, pelos piores motivos. Mas estamos no pódio, somos a fina flor, os melhores dos piores!

 

E essas estatísticas, que falam dos desinvestimentos na natalidade, uns por comodismo, outros por desespero, outros por medo, colocam-me ainda na lista das velhas, que estão entre a espada e a parede, do é Agora ou Nunca. Velha, aos 36, quase 37 anos.

Desesperada, sem dinheiro para novos tratamentos. Sem um tostão furado. Sem ordenado há meses. Mas com o sonho de ter mais um filho. Suponho que os dados me mandem avançar para a casa do Nunca.

 

 

Ocorreu-me uma ideia, em tempos de exaltação das exportações, em tempos em que preparamos as filhas para a possibilidade de termos de emigrar:

 

E se saísse uma lei que obrigasse a ter filhos?Obrigados, assim como se paga um imposto. E esses filhos eram nacionalizados e cotados na bolsa de valores, mercadorias e futuros. Atingindo uma cotação alta, o estado privatizava. De duas maneiras possíveis: vendia a grandes grupos nacionais, que exportariam, ou vendia aos alemães, como exportação!!!

 

Assim como assim, os portugueses voltaram a saír do país. E de borla!!!As homens e mulheres que cá ficam, ou são velhos , ou são novos ou não têm dinheiro para a procriaçãopor autorecriação. Os com idade correcta vão para fora, e incrementam a natalidade dos outros.

Era 2 em 1: Aumentavam a natalidade e as exportações, de maneira a renderem para o estado.

 E cada país que quizesse ter portugueses, era como se tivesse que dar um dote ao estado. Eventualmente com IVA a taxa de luxo e tudo!

O estatuto desses portugueses? pois isso pouco interessa: trabalhadores, escravos, mercadoria, nacionais dos outros países...isso não faz diferença para o caso.

 

Podia ser uma maneira de salvar um Portugal na-talência.

 

Ou não.

 

 

 

publicado por na primeira pessoa do singular às 14:28

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
18

19
21
22
24
25



Selo concurso
limetree
blogs SAPO