Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

24
Nov 14

Começo por dizer que conheço, concordo e partilho da opinião sobre os benefícios da amamentação. Entre eles, o factor económico, com o qual não poderia estar mais de acordo, se... Amamentar está a ser, pela 3ª vez, a opção mais difícil e dolorosa. Mas acredito nela, e mantenho-me decidida. Se com a R e I a questão era essencialmente a dor a que tive de resistir durante algumas semanas e as feridas, desta vez soma-se uma quantidade pequena e um garoto com fome e sem paciência ( e mau feitio). A lavagem cerebral a que somos ( fui) submetidas, faz-me pensar se a minha competência, apetência e bondade para ser mãe se fica por uma questão de mamas e leite. É que assim parece. Depois de comprados os cremes, os protectores, as conchas, os discos...a amamentação já perdeu um dos seus apregoados benefícios. Somemos mamilos de silicone, medicamentos para a subida do leite , bombas de extracção ( já tinha 2 que não funcionam bem, emprestaram-me outras, a uma das quais estou ligada quase 6 horas por dia), os acessórios...e pronto, o factor económico já era... Olhemos para essas quase 6 horas...lá se vai a liberdade, o estar sempre disponível, limpo, pronto a utilizar... Veja-se ainda as vezes que olho para o relógio, as duas vezes que o despertador toca entre a meia noite e as sete da manhã, e eu acordo com 40 a 50 minutos de antecedência para tirar leite a tempo da mamada do bebé ( 3 em 3 horas, por enquanto, e o puto tem despertador na barriga), e lá se vai o sem stress, confortavelmente, amorosamente...enquanto luto com o sono e dores de costas...a pensar que já passaram 40 minutos e ainda só tirei aquela dose mínima... Depois disto, só me sobra um argumento...deve mesmo ser Amor...

publicado por na primeira pessoa do singular às 18:01

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
27
28
29

30


Selo concurso
limetree
blogs SAPO