Sobre mim e outras coisas, irreais, ou nem por isso...

28
Mai 14

Depois de todas as cobras e lagartos que me emprenharam os ouvidos, lá fui eu, de coração acelerado, à consulta no Hospital. ( Leiria).

Cheguei a tempo e horas, fui atendida a tempo e horas.

 

Primeiro, uma enfermeirinha fez as medições da praxe, as perguntas da praxe, e depois embalou numa quantidade inacreditável de informação, que debitava enquanto me entregava folhetos sobre tudo o que eu preciso e não preciso saber sobre a gravidez, desde o que se pode ou não comer, ou fazer, ou vestir, ou mexer, ou andar a pé ou de carro ou de barco ou de avião, "saltar" para cima do marido ou ser "saltada", licenças, baixas, consultas...12 folhetos, e , de repente, pareceu-me que a senhora se tinha esquecido que eu tinha dito que ia na terceira gravidez...

E lá me entregou uma bolsinha com publicidade e cremes de oferta...ora isto nunca tive eu num consultório privado.

 

Depois veio a doutora, uma cinquentona de dimensões não inferiores às minhas ( o que é bom, normalmente sabem o que é ser gorda e dispensam os discursos moralistas em que os magros são peritos), e voltou a perguntar, e a perguntar e a mexer, escarafunchar, e não desistiu enquanto não se ouviu bater o coraçãozinho do meu/minha caninito/a. A simpatia foi estritamente a qb. 

 

Saí mais satisfeita, com a certeza de ter sido bem atendida, com nova data marcada. Desemprenhei logo ali as cobras e os lagartos, ainda no corredor. 

 

Mas se tiver que reclamar algum dia, hão-de ver se fica alguma coisa por fazer...

 

 

 

publicado por na primeira pessoa do singular às 16:41

Selo concurso
limetree
mais sobre mim
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
16
17

18
20
21
22
24

25
26
29
30
31


Selo concurso
limetree
blogs SAPO